Publicado em 1 comentário

Primeiros passos com Arduino

O que é Arduino

O Arduino é uma placa de desenvolvimento baseada em um microcontrolador Atmel AVR. Possui conectores de entrada e saída para controle de dispositivos e um circuito que facilita sua conexão com um computador via porta USB. Foi criada em 2005 por professores que desejavam fornecer aos alunos uma plataforma de fácil desenvolvimento e aprendizado de eletrônica e desenvolvimento de software.

Além da placa, existe todo um ecossistema em volta do Arduino como, software de programação e desenvolvimento(IDE), bibliotecas, tutoriais, fóruns, comunidade, hardwares adicionais, entre outros.

Se quiser saber mais sobre o que é Arduino e outros modelos de placa, acesse o post O que é Arduino?.

Materiais necessários

Para seguir com este tutorial e dar seus primeiros passos com arduino, você irá precisar dos seguintes componentes:

Caso você tenha apenas a placa Arduino poderá utilizar o LED já presente na placa.

Um pouco de teoria de eletrônica

É importante entender apenas um pequeno princípio básico na escolha do valor do resistor.

O Arduino funciona com 5V em suas saídas digitais. Ou seja, quando ligamos um pino temos 5V e quando desligamos temos 0V. Mas é importante notar que o LED funciona apenas com 2V. Se colocarmos 5V em um LED provavelmente ele irá queimar. Para isso fazemos uso do resistor, que tem a função de diminuir a tensão do LED e limitar a corrente.

Essas informações podemos extrair do datasheet do LED. Datasheet é basicamente um documento de um componente eletrônico que contém as informações necessárias de funcionamento do respectivo componente.

Analisando o datasheet de um LED 5mm vermelho, podemos ver que ele funciona com uma tensão de 2V e corrente de 20mA. Agora precisamos encontrar um valor de resistor que fará o circuito chegar próximo de 2V e 20mA. Uma maneira fácil é utilizar uma calculadora online ou utilizar a seguinte fórmula:

V = R x I (Tensão = Resistência x Corrente)

Onde V é a tensão da fonte(5V porta Arduino) menos tensão do LED(2V), resultando em 3V.

Assim teríamos:

3V = R x 0,02A

R = 3V / 0,02A

R = 150 ohm

Para não esquecer essa fórmula, lembre-se de que quem “vê, ri” (Dica de um professor meu do SENAI hehe).

Caso não tenha um resistor de 150 ohms a mão, pode utilizar qualquer outro valor até de 1K. O LED irá acender, mas talvez com um brilho mais forte ou fraco dependendo do valor de resistência.

Caso queira ir mais a fundo neste tema de eletrônica, estude sobre Lei de Ohm e circuitos elétricos.